Diario de uma mãe louca

segunda-feira, outubro 31, 2005

Nós...

Implado de paixão num gemido surdo que abafo nas profundezas da alma onde corre um rio de lágrimas e empunhaladas as espadas que teimam em não se moverem.
O coração está duro como pedra e frio como gelo, nele morreu a esperança de um amor que se esvaiu em cinzas.
A ilusão era a minha fonte da vida, o medo não existia, as emoções eram sentidas em uníssono, os nossos ouvidos em sussurros reais e plenos.
Quebrou-se o místico encanto, as fantasias não mais existirão e apenas no fundo da alma onde jazem as cinzas se encontram AS MEMÓRIAS MAIS FELIZES QUE ALGUMA VEZ O DESTINO UNIU, 2 VIDAS DE 1 PASSADO QUE FICOU POR EXISTIR.

ANABELA (HaTa)

Posted by Mae :: 12:46 :: 4 comments

Post a Comment

------------------------------

domingo, outubro 30, 2005

O meu menino...

Apenas me deixam vir ver-te
Dentro dos teus sonhos
Naquela triste noite
Nem um adeus te disse antes de partir.






Huguinho


Posted by Mae :: 12:21 :: 3 comments

Post a Comment

------------------------------



Hugo e JoanaMana 2003


PRECISO CHORAR INTENSAMENTE
ENCHER O LEITO DUM RIO
QUE SECOU…
PRECISO SOLTAR ESTA CORRENTE
QUE EM SANGUE SE FORMOU…

E SE NÃO HOUVER LAGRIMAS
SUFICIENTES…VOU ENCONTRA-LAS
ONDE NINGUEM ENCONTROU…

VOU DENTRO DUM
CORAÇAO HUMANO
QUE EM GELO SE FORMOU…






ARDE CORAÇAO GELADO
NA FOGUEIRA DO INFERNO
DERRETE A TUA MALDADE
…QUE TANTA DOR CAUSOU…

ARANHA PEÇONHENTA…
QUE EM VENENO TRANSFORMA…
TUDO O QUE TOCA
E TOCOU…

DO VENENO FEZ …BALA
QUE A TUA VIDA TIROU…

LADRA…
TARANTULA NEGRA…
QUE A TUA ALEGRIA…

ROUBOU…

PRECISO CHORAR INTENSAMENTE…
ENCHER UM RIO QUE SECOU…
E, NO SEU IMPERFEITO LEITO…

SÓ A RAIVA FICOU !!!



Maria Alice Oliveira

Posted by Mae :: 11:19 :: 1 comments

Post a Comment

------------------------------

sábado, outubro 29, 2005

























ALVORECER

Florbela Espanca



A noite empalidece.Alvorecer...

Ouve-se mais o gargalhar da fonte...

Sobre a cidade muda, o horizonte

É uma orquídea estranha a florescer.



Há andorinhas prontas a dizer

A missa de alva, mal o sol desponte.

Gritos de galos soam monte a monte

Numa intensa alegria de viver.



Passos ao longe...um vulto que se esvai...

Em cada sombra Colombina trai...

Anda o silêncio em volta a querer falar...



E o luar que desmaia, macerado,

Lembra, pálido, tonto, esfarrapado,

Um Pierrot, todo branco, a soluçar...







Posted by Mae :: 17:02 :: 2 comments

Post a Comment

------------------------------

segunda-feira, outubro 24, 2005




AnJo Voa... HaTo... ***

Posted by Mae :: 01:02 :: 8 comments

Post a Comment

------------------------------
90 DIAS...

ilustraçao de JoanaMana


QUALQUER DIA...
AGARRO NESTA MÁSCARA...
QUE TRAGO A TAPAR-ME O ROSTO...
E ATIRO-A À CARA DE ALGUEM...
QUALQUER DIA ...
SUBO Á PONTE MAIS ALTA...
E LANÇO-ME SOBRE ASAS...
DE UMA AVE AZUL...

QUALQUER DIA...
PROCURO O POÇO MAIS FUNDO...
E GRITO PARA LÁ...
AS GARGALHADAS QUE JÁ NAO DAREI CONTIGO...

QUALQUER DIA...
DROGO-ME DE SAUDADE...
DE MOMENTOS QUE VIVI...
QUALQUER DIA...
AGARRO-ME À AVE AZUL...
E VOO PARA O INFINITO...
À PROCURA DOUTRO MUNDO...
ONDE ESTARÁS À MINHA ESPERA...

QUALQUER DIA...

Maria Alice Oliveira




Posted by Mae :: 00:22 :: 7 comments

Post a Comment

------------------------------

domingo, outubro 23, 2005




Autor: Hugo Afonso Tavares de Oliveira
Data: 2005-07-17 06:37:54
Hugo diz... O homem do leme, que nada teme... :)
Há 90 dias k ando a deriva…homem do leme…
Neste meu mar de soluços abafados…de dor intensa
Que arde derretendo os meus sentidos…mar selvagem k me dominas e me entras pelas fendas da alma …Onde paras homem do leme? Não ouves o meu grito de fêmea mae agonizando…Que negra…negra e feia lei do desespero, kem te criou…Es a irmã da morte…persegues-me kuando estou no pesadelo e, kuando acordo, sinto-me fugindo de mim…Onde estás homem do leme?
Leva o meu barco a bom porto…prende-me nas tuas asas!
Quero devorar o mar…engolir o pesadelo cantar contigo no leme
Hinos de louvor a vida…ser dona e senhora do nosso sonho azul !

Posted by Mae :: 20:21 :: 2 comments

Post a Comment

------------------------------



Hugo Afonso Tavares de Oliveira
Data: 2005-07-10 00:45:17
Foto: Sunrise Smiling to me
Todos os dias ele nasce, olhamos para ele e sorrimos, então pensamos: "Mais um dia de vida cheia de luz...ESTOU VIVO!!!". Todos o conseguem vêr. Ás vezes acordamos, mal dispostos, com problemas que todos nós temos,mas... se pensarmos que o dia nasceu graças a esta maravilhosa estrela, nesses dias menos felizes, devemos pensar que o Sol irá sempre nascer e que melhores dias virão.Basta um Olhar e imaginar que ele sorri para nós...e que simplesmente nos está a dizer que estamos vivos e a lutar pela subrevivência. Só isso basta, olhar para ele durante uns segundos e o dia certamente irá correr melhor, acreditar que ele não está ali por acaso. Adoro-te Sol e sempre que posso assisto ao teu nascer e ao pôr-do-Sol.
By Hugo

MAE disse...
"TODOS OS DIAS ELE NASCE, OLHAMOS PARA ELE E SORRIMOS, "MAIS UM DIA DE VIDA CHEIA DE LUZ...ESTOU VIVO!!! TODOS O CONSEGUEM VER. AS VEZES ACORDAMOS MAL DISPOSTOS"...

NO DIA 24/7 DESTE ANO ACORDASTE MAL DISPOSTO? KEM VENDOU OS TEUS OLHOS PARA K NAO PUDESSES VER O SOL, HUGO???
AS 6.40 JA O SOL TINHA NASCIDO, TODOS O PODIAM VER...
QUANDO ENTREI EM CASA, COM AS CHAVES DE RESERVA K A TUA COMPANHEIRA ME MANDOU IR BUSCAR, DEVIA TER ESTRANHADO...ELA DETESTAVA K EU LA FOSSE...PORKE ME MANDOU LÁ?
ENTREI CONVENCIDA K ERA MAIS UMA DISCUSSAO ENTRE VOCES K FACILMENTE SE RESOLVIA COM UMA SAÍDINHA TUA, POIS PARA ISSO ATESTASTE O CARRO DOIS DIAS ANTES...
NO QUARTO NAO ESTAVAS...NO ESCRITORIO UNICO CANTINHO ONDE TE SENTIAS A VONTADE...ONDE GUARDAVAS AS TUAS COISAS INFORMATICAS, E ONDE PASSAVAS A MAIOR PARTE DO TEMPO, TBEM NAO...RESPIREI TLVEZ DE ALIVIO... NA COZINHA TER-ME-IAS OUVIDO, SORRI E PENSEI CONTENTE, SEMPRE FOI PARA A PRAIA E BEM CEDINHO COMO ELE GOSTA.
QUANDO VINHA A SAIR JA EM DIRECÇAO A PORTA DA RUA, COM UM SORRIZO NOS LABIOS, LEMBREI-ME DE ESPREITAR ATRAZ DO BIOMBO...
ENCONTREI-TE DEITADO NA CAMA K DETESTAVAS E, MTAS VEZES DORMISTE...O TEU CORPO SEMI DEITADO SOB A COLCHA BRANCA CHEIA DE ALMOFADAS VERMELHAS...
AINDA HJ PERGUNTO PORKE NAO O FIZESTE NO QUARTO?
NA SALA ONDE A COR VERMELHA ERA SOBERANA...VERMELHO NAS ALMOFADAS K TE RODEAVAM O CORPO, VERMELHO NOS ANTURIOS ATADOS POR UMA FITA VERMELHA, A CARPETE VERMELHA, VERMELHO NAS VELAS MAL ARDIDAS...SERIA POR ISSO K NAO VI O SANGUE?
DEITEI-ME A TEU LADO AGARREI A TUA MAO ESQUERDA, E APERTEI O TEU BRAÇO CONTRA O PEITO, COM A OUTRA MAO AFAGUEI-TE AS COSTAS AINDA QUENTES, O TEU CORPO LEVEMENTE TRANSPIRADO, CHEIRAVA A ROSAS...ROSAS VERMELHAS...ESTAVAS TAO LINDO HUGO...A PELE MACIA COMO A DE UM BEBE, A BARBA FEITA, TIVESTE ESSE CUIDADO? ENCOSTEI O MEU ROSTO AO TEU...O TEU CABELO COMPRIDO CHEIRAVA TAO BEM...K SHAMPOO USASTE? NUNCA IMAGINEI REGREDIR NO TEMPO E VER-TE COMO KUANDO ERAS O MEU MENINO...IMOVEL, MAS TAO SERENO...TAO BELO...FALEI-TE AO OUVIDO...ENQUANTO TE FIZ FESTINHAS...SEI K FALEI MT...MAS NAO ME LEMBRO DO K TE DISSE...SÓ ME LEMBRO DO SILENCIO VERMELHO...APENAS QUEBRADO PELO BARULHO DA VENTOINHA...SENTI FRIO...E PARECEU-ME K TU TBEM O SENTIAS E DESLIGUEI A VENTOINHA...
PARECEU-ME K O TEU CORPO ARREFECIA...TODA A SALA VERMELHA CHORAVA...
CHAMEI O PAI...AINDA EXITEI...MAS NAO TINHA MAIS NINGUEM...ELE FIKOU NO CARRO A ESPERA...A ESPERA DE K? DO K EU TBEM ESPERAVA K TU NAO ESTIVESSES EM CASA, OU A DORMIR...
K SOL HUGO? TODOS OS DIAS ELE NASCE...MESMO K NAO SE VEJA...TODOS SABEMOS K ESTA LÁ...
"TODOS O CONSEGUEM VER"...
EU NAO CONSEGUI MAIS VER O SOL HUGO...POSSO DIZER K VEJO...POSSO ATE ESCREVER COMO TU...MAS A VERDADE E QUE O MEU SOL ERAS TU...
AGORA EU SOU APENAS "SOMBRA" !!!!!!

Posted by Mae :: 16:57 :: 7 comments

Post a Comment

------------------------------
não havia mãos em concha



24/08/1973 - 24/07/2005

O SAL DAS NOSSAS LÁGRIMAS DE DOR...CRIOU EM NÓS UM MAR DE AMOR

Posted by Mae :: 16:48 :: 1 comments

Post a Comment

------------------------------



Posted by Mae :: 14:31 :: 7 comments

Post a Comment

------------------------------